PIM DE GUARANI DAS MISSÕES REALIZOU A ENTREGA DE DOCES ÀS CRIANÇAS

PRIMEIRA INFÂNCIA MELHOR
“O que você faz para seu filho agora, vale para a vida toda!”

Na manhã do dia 27 de março de 2018, a Coordenadora Maria Cristina Fur, acompanhada das visitadoras Sheila e Elisete, fizeram a entrega de doces às crianças cadastradas no programa Primeira Infância Melhor (PIM), em comemoração à Páscoa. Na oportunidade, o coelhinho fez a diversão da criançada, que ficaram surpresas e muito felizes.
 
A importância dos brinquedos educativos.
Brincar é fundamental para o desenvolvimento da criança. Mas estamos em um momento que a grande maioria dos brinquedos que você encontra nas lojas são eletrônicos, ou jogos eletrônicos ou DVD’s para crianças assistirem, coisas que estimulam muito o brincar sozinha. Os brinquedos educativos divertem e ensinam a criança, podem ajudar a desenvolver coordenação motora, o raciocínio, a capacidade de compreensão e muitas outras capacidades.

Veja quais são os brinquedos mais adequados para cada idade:

Bebês até 6 meses
Os bebês são facilmente estimulados por brinquedos bem coloridos, de vários tamanhos com texturas e aromas diferentes, e que produzem vários tipos de sons. Na verdade, eles precisam de brinquedos que estimulem todos os seus sentidos, brinquedos leves, que eles possam pegar e colocar na boca. Alguns exemplos: móbiles que ele possa tocar, bichinhos de borracha que produzem som.

Bebês de 6 meses a 1 ano
Nessa faixa etária os bebês ainda brincam sozinhos. Eles adoram apertar, sacudir, jogar, bater, empilhar. Os brinquedos ideais são: chocalhos, guizos, ursos de pelúcia, bonecas, bichinhos flutuantes para o banho, livrinhos de pano, grandes cubos para empilhar, etc.

Crianças de 1 a 2 anos
Nessa idade as crianças começam a dar os primeiros passinhos. Elas conseguem interagir com outras crianças e com os adultos. Elas ainda levam coisas à boca, por isso, na escolha dos brinquedos, é importante que eles sejam adequados para a sua idade, não contenham peças pequenas que podem ser engolidas, e tenham certificado do INMETRO. As crianças ainda vão se divertir com os brinquedos que já têm, mas, ao comprar novos brinquedos, opte por carrinhos que elas possam puxar ou empurrar (como os de boneca), brinquedos de montar e desmontar ou simples caixas com coisas dentro para tirar e colocar de volta.

Crianças de 2 a 3 anos
As crianças nessa faixa etária gostam de brinquedos que as induzam ao movimento, como triciclos, carrinhos grandes em que possam subir ou colocar coisas dentro, balanço, bolas, etc. Para continuar incentivando-as a desenvolver a parte motora, dê-lhes blocos para empilhar. Também é interessante dar-lhes instrumentos musicais, como pianinhos, pandeiros e tamborzinhos, etc. Nessa idade é importante que elas comecem a guardar seus brinquedos. Estimule-as a fazê-lo como parte da brincadeira.

Crianças de 3 a 4 anos
Com essa idade as crianças vão continuar se divertindo em cima do triciclo, puxando carrinhos e brincando com os brinquedos que já têm. Contudo, elas já podem brincar com brinquedos de montar e desmontar mais elaborados. Elas não levam mais as peças à boca, por isso as peças podem ser menores. As meninas vão se divertir com bonecas, panelinhas e casinhas, etc. As crianças também aprendem colorir e a desenhar círculos e bonecos. Elas devem ser incentivadas a desenvolver o gosto por literatura. Conte-lhes historinhas infantis e permita que elas acompanhem-nas observando as figuras.

Crianças de 4 a 6 anos
Nessa fase podem ser inseridos jogos com regras fáceis. Através deles são trabalhados o raciocínio e as emoções. Com jogos em que se perde e se ganha, as crianças podem começar a trabalhar a frustração. Aprender a lidar com esse sentimento é essencial para o seu equilíbrio emocional e o desenvolvimento da personalidade. O triciclo pode ser substituído por uma bicicletinha. Os brinquedos que estimulam brincadeiras ao ar livre e em grupo são muito importantes para a socialização e para a saúde das crianças.
Outras boas dicas são: massinhas de modelar, giz de cera, quadro-negro com giz, quebra-cabeça, jogos da memória, Lego, etc.